Quejandos

A mídia existe por necessidade, mas também por concessão, da sociedade; em princípio, pelo menos, nas culturas organizadas e civilizadas.

Por consequência, dela se requer que respeite, divulgue e reproduza — sob o critério do bom senso e da língua culta — o que no meio cultural se respeita, faz e diz. Embora o lucro seja uma das bases com que opera, a mídia deve também assumir com responsabilidade sua função pedagógica face à criança, ao adolescente e ao estudante, em geral.

Registrar e comentar técnicas e processos midiáticos, sob o viés da linguagem, é o modesto objetivo deste setor.

Os registros são achados do leitor atento; não resultam, portanto, de busca sistemática com objetivo de patrulhamento linguístico.